Quais os desafios para se contratar um talento digital e como superá-los?

Podemos chamar de “talento digital” o profissional capaz de fazer com que os dados se transformem em informações, de modo que elas se transformem em conhecimento. Dessa forma, os gestores passam a ter referência e embasamento para analisar e prever possíveis ameaças e oportunidades, tornando suas decisões mais assertivas e competitivas.

Por conta das grandes transformações tecnológicas as profissões que requerem o uso intensivo de dados, como analista do mercado financeiro, de sistemas, de seguros e finanças, estão crescendo. A questão é que a demanda está surgindo em dimensão desproporcional ao número de pessoas especializadas.

Por isso, é fundamental que as empresas se estruturem e tomem ações estratégicas para atrair, selecionar e manter esses talentos. Quer saber como fazer isso? Acompanhe, a seguir, dicas valiosas para reter profissionais de alta performance!

Ofertar um emprego com objetivo

Os talentos digitais raramente vão se contentar com empregos que proporcionem condições comuns de atuação, sem objetivos de curto e longo prazo e sem perspectiva de crescimento contínuo.

É fundamental explicitar o objetivo do cargo e como ele pode gerar ascensão ao profissional, tanto em uma visão de experiência de mercado como no sentido financeiro. É preciso mostrar que o colaborador vai atuar em nome de algo e que seu bom desempenho resulta em seu próprio sucesso — e, consequentemente, no da corporação.

Traçar um desafio e engajar a comunidade

Alguns estudos já revelaram que os indivíduos se engajam e valorizam mais as conquistas nas quais ele se esforça para conseguir, do que aquelas que são alcançadas com mais facilidade e rapidez.

Claro que, ao recrutar um talento digital, a empresa é a mais necessitada, considerando a escassez desse profissional, mas esse também é um motivo pelo qual o candidato pode se supervalorizar e ser crítico ao avaliar se deseja ou não estar na companhia. Traçar um desafio para que valha a contratação é uma ação visionária para manter o talento escolhido estável e motivado.

Isso pode ser feito com um processo seletivo mais longo, com entrevistas situacionais, testes técnicos e simulações. Foque em sempre expor os benefícios de se atuar na organização e os motivos pelo qual o profissional deve se empenhar para estar nela.

Ser flexível e oferecer benefícios

Mais uma característica desafiadora apresentada pelos talentos digitais é que eles não se contentam com os benefícios exclusivos que são garantidos pela CLT, eles buscam mais.

Logo, a corporação deve ampliar sua política de benefícios, melhorar a gestão de cargos e salários, apostar em ações de endomarketing para o engajamento das equipes e a promoção de um bom clima organizacional.

Com isso, os profissionais já inseridos na empresa vão se esforçar para continuar e os talentos ainda não admitidos se sentirão atraídos pelos benefícios estratégicos. Além disso, a companhia deve se mostrar flexível e aberta a negociações, feedbacks e adaptações que podem ser mutuamente favoráveis.

Utilizar os ecossistemas de talentos

Utilizar os ecossistemas de talentos é outra maneira muito sábia de solucionar a dificuldade em contratar profissionais de alta performance. Para isso, a organização precisa aprimorar sua rede de relacionamentos, participar de conferências e todos os eventos nos quais as grandes empresas estarão presentes. Dessa forma, fica mais fácil localizar profissionais capacitados e apresentar sua companhia de modo a atraí-los.

Como vimos, apesar dos inúmeros desafios para contratar e manter um talento digital, é possível promover ações estratégicas que vão atrair esses profissionais e gerar inúmeros resultados favoráveis tanto para a empresa quanto para o colaborador.

Não é necessário participar da disputa cega e incessante por mão de obra, basta se estruturar e se apresentar competitivo e inovador que os talentos vão até a sua corporação.

Que tal receber mais conteúdos como este e muitas outras novidades? Assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo o que postamos!

Anúncios

A importância da contabilidade bem-feita para PMEs

Ter sua própria empresa requer um plano de negócio bem estruturado. Apesar de sua importância, alguns empreendedores ainda não conhecem os benefícios de ter alguém que cuide da contabilidade para PME.

Contar com um profissional capacitado ajudará consideravelmente na tomada de suas decisões mais importantes e dará a você uma visão mais ampla da direção que seu empreendimento poderá seguir.

Quer conhecer as vantagens de ter alguém especializado cuidando da parte contábil da sua empresa? Confira o nosso post de hoje e saiba mais!

Planejamento tributário

Ninguém gosta de pagar mais impostos do que realmente precisa — isso também vale para as empresas. Afinal, não ter uma pessoa responsável, com conhecimento e experiência em planejamento tributário, pode fazer com que você precise pagar multas e juros desnecessários.

Cuidando das demonstrações contábeis, o especialista conseguirá calcular as cargas tributárias e os encargos necessários para que a sua empresa cumpra suas obrigações e não passe por situações complicadas na área fiscal.

Facilidade em empréstimos e financiamentos

Uma contabilidade para PME bem organizada e transparente faz toda a diferença para quem busca crédito nos bancos. Os empréstimos e financiamentos são necessários para aumentar o capital de giro da sua firma, por exemplo, mas esses benefícios só serão concedidos caso você tenha demonstrações financeiras bem estruturadas.

Alguns relatórios que costumam ser solicitados são:

Balanço Patrimonial

É uma demonstração financeira que ilustra a situação contábil, financeira e econômica. Esse documento precisa apresentar:

  • ativos: bens e direitos;
  • passivos: exigibilidades e obrigações;
  • patrimônio líquido: a diferença entre ativos e passivos.

Demonstração do Resultado do Exercício

A DRE compila todas as informações financeiras — receitas, custos e despesas — para saber o lucro ou o prejuízo de uma operação. Esse tipo de documento ajuda os gestores na tomada de decisões que requerem planejamento estratégico.

Com essa demonstração, alguns indicadores podem ajudar na análise de crédito, como:

  • retorno sobre os ativos;
  • margem líquida;
  • retorno sobre o patrimônio líquido.

Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados

O DLPA utiliza as ações do lucro líquido entre o Balanço Patrimonial (BP) e a Demonstração de Resultados do Exercício (DRE) para mostrar a situação patrimonial do seu empreendimento. Por meio desse controle, o gestor tem uma visão concreta sobre as decisões tomadas.

Ao entregar os demonstrativos fiscais ao banco, você passa a ideia de que há transparência e organização, revelando aos agentes de crédito que a sua empresa possui credibilidade e condições de pagar pelo empréstimo e honrar com seus compromissos financeiros.

Melhora no controle financeiro e fiscal

É comum encontrarmos empresas de pequeno ou médio porte sem nenhum controle financeiro — como acontece quando as contas pessoais são misturadas às contas do negócio. Nesses casos, o contador poderá ser bastante útil na organização e no controle financeiro e fiscal.

Um técnico da área de finanças e contabilidade não trabalha apenas quando você precisa declarar seu imposto de renda ou quando a empresa precisa formalizar admissões e demissões de seu empreendimento. O contador pode elaborar relatórios mais complexos, que são fundamentais para o bom funcionamento de uma firma.

Alguns deles são:

Fluxo de Caixa

Um dos primeiros relatórios para uma gestão eficiente é o fluxo de caixa. Ele é um controle financeiro de um determinado período de tempo e analisa todas as entradas e saídas de dinheiro.

Para que o relatório seja conclusivo, é necessário que todos os gastos, por menores que sejam, fiquem registrados em relatórios periódicos. O tempo de análise varia de acordo com a necessidade da empresa em acompanhar as movimentações — elas podem ser feitas diariamente, toda semana, a cada quinze dias ou mensalmente.

Livro Razão

Contas a receber, a pagar, lucros, prejuízos e vários detalhes relacionados ao dinheiro são lançados nesse livro. Ele é necessário em qualquer ramo, pois permite controlar todos os movimentos de conta, conhecendo os saldos, as demonstrações, os balancetes e outras informações para que as obrigações fiscais sejam analisadas.

Livro Diário

O Livro Diário é um registro no qual todas as operações diárias da companhia precisam ser lançadas — isso é uma exigência legal. Assim, ele conta com exigências e formalidades, como na sua apresentação exterior e em como cada dado deve ser lançado dentro do livro.

Auxílio de um profissional especializado

Às vezes, é necessário abrir mão de algumas coisas e aprender a delegar! Nesse sentido, um profissional com experiência em contabilidade facilitará o lado financeiro do estabelecimento e conseguirá mostrar algumas coisas sobre o seu negócio que talvez você não conseguiria ver se estivesse cuidando de tudo sozinho.

Além de todas as vantagens já apontadas, vale citar dois pontos que só quem tem um contador pode aproveitar:

Alguém para tirar suas dúvidas

Estamos em constante mudança e as leis do Estado relacionadas à parte fiscal das empresas também estão. Por isso, é normal que várias informações e obrigações estejam sempre em atualização. Garantir que sua empresa esteja sempre de acordo com essas exigências faz parte do trabalho do contador.

Assim, poder contar com alguém com experiência e que esteja sempre por dentro das informações necessárias deixará você mais tranquilo para lidar com outras questões estratégicas do seu empreendimento.

Economize tempo e dinheiro

Com um escritório de contabilidade à sua disposição, você não precisará de um departamento específico para isso. Assim, você evita um custo elevado para manter esses profissionais.

Mais do que economia financeira, ao terceirizar esse setor você pode voltar a cuidar de outras partes importantes do seu negócio, pois saberá que existe um escritório cuidando exclusivamente da parte fiscal da sua empresa.

Ter disponibilidade para cuidar de sua companhia é mais do que centralizar tudo em suas mãos. Independente do porte da sua empresa, saber delegar e deixar algumas partes do seu negócio nas mãos de pessoas capacitadas são atitudes que podem ajudá-lo a aumentar sua área de atuação de forma saudável e sem correr riscos.

Até mais!